CINEMA | Churchill em sua guerra particular

Cultura
Tipografia

Por Ricardo Flaitt - Goste ou não, fato é que Winston Churchill, historiador, escritor, político, Nobel de Literatura em 1953 e primeiro-ministro britânico, foi uma das grandes personalidades da história. Nascido no final do século XIX, em 1874, atravessou o tempo e participou diretamente em duas grandes guerras mundiais.

O filme de Jonathan Teplitzky, que estreia  nesta quinta-feira (5) nos cinemas, remonta os dias que antecederam um capítulo decisivo para o começo do fim do domínio alemão sobre a Europa, a invasão da Normandia, denominada pelos Aliados como Operação Overlord, que acontecera em 6 de junho de 1944, e objetivava levar milhares de soldados às areias da enseada da Normandia, para retomar a França e desencadear um processo que levou Hitler à derrocada.

O que se narra em Churchill é mais o drama pessoa do estadista que de fato a invasão da Normandia. A guerra do filme de Teplitzky é de um homem que enfrenta a si mesmo, a passagem do tempo, a luta pela relevância nas decisões da guerra e a busca pelo equilíbrio com sua esposa, Clementine (com grande atuação de Miranda Richardson), que tenta domar um velho leão, em que o corpo se debate com um espírito belicoso.

Nas duas frentes de batalha de uma guerra particular, Churchill, interpretado magnificamente por Brian Cox, enfrenta a si, assolado por depressão, temor de repetir um erro do passado, quando, na Primeira Guerra, em 1915, assistiu a milhares soldados morrerem na invasão de Galípoli; e, em outra frente de, a disputa para manter a relevância frente às decisões do General Eisenhower e o Comandante Bernard Montgomery.

Churchill é um filme que transita do particular ao universal, mostrando a guerra de milhões, entre povos e nações, e a guerra de um homem só, lutando contra a invasão do tempo e as tropas de sentimentos nas areias do tempo, revelando a força, as limitações e as fraquezas do ser humano.

Churchill

País de origem: Reino Unido, Estados Unidos

Direção: Jonathan Teplitzky

Elenco: Brian Cox, Miranda Richardson, John Slattery

Gênero: Biografia, Drama, Guerra

Duração: 98 minutos

Ricardo Flaitt é assessor de imprensa do Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas e Idosos