COOPERATIVISMO | Sicoob cresce 21,8% no 3T18 e alcança R$ 2,5 bilhões

Cooperativa

Rádio Web Coopnews - O Sicoob divulgou na segunda-feira (19) o lucro (sobras¹) do terceiro trimestre de 2018, de R$ 2,5 bilhões. O valor é 21,8% maior se comparado ao terceiro trimestre de 2017.

Os Ativos Totais somaram R$ 103,4 bilhões, crescimento expressivo de 15,8% em relação ao saldo de igual período de 2017. Em Patrimônio Líquido, no terceiro trimestre de 2018, o Sicoob registrou R$ 20,4 bilhões, 13,8% superior se comparado a igual período de 2017.

A carteira de crédito bruta atingiu R$ 51,4 bilhões, com aumento de 19,4% em relação ao saldo do terceiro trimestre de 2017. Os financiamentos rurais e agroindustriais totalizaram R$ 13,9 bilhões, crescimento de 17% em relação ao mesmo intervalo do ano anterior.

Já os Depósitos Totais contabilizaram R$ 64,9 bilhões, crescimento de 14,8% ante R$56,5 bilhões registrados em igual intervalo do ano passado. Destaque também para os depósitos à vista e de poupança, com saldo de R$ 13,1 bilhões, alta de 33,8% em relação ao 3T17, e R$ 4,8 bilhões, crescimento de 32,2% na comparação com 2017. “Este resultado evidencia a elevada confiança dos cooperados na gestão do Sistema”, Henrique Vilares, presidente do Sicoob Confederação.

O número de cooperados evoluiu consideravelmente no intervalo analisado, passando de 3,8 milhões em setembro de 2017 para 4,3 milhões no mesmo período desse ano, evolução de 12,1%. “Isso equivale a 1.845 novos cooperados por dia útil, denotando o interesse da sociedade por alternativas ao sistema bancário tradicional”, acrescenta Vilares. Além disso, o Sicoob teve um acréscimo de 19% na sua base de empregados em todo o país, resultado que demonstra a responsabilidade social na geração de novos empregos.

Constituem os resultados da cooperativa no período e, no final de cada ano, são distribuídas de acordo com o valor das operações realizadas por cada cooperado.

Atendimento aos cooperados

Atualmente, as transações em canais digitais já representam 73% do total de operações do Sicoob, denotando os avanços tecnológicos do Sistema e consonância com as tendências do mercado financeiro.

O Sicoob disponibiliza aos seus cooperados uma extensa Rede de Atendimento no País, destacando-se as 2.848 agências disponíveis em 1.680 cidades brasileiras. Em 250 cidades, o Sistema é a única instituição financeira presente.

Outros avanços

Em setembro o Sicoob alcançou R$ 100 bilhões em ativos. O alcance da marca faz parte do planejamento estratégico e reflete maior solidez com crescimento consistente e sustentável, além de impactar nas concessões de crédito e geração de novos negócios e empregos nas regiões onde as cooperativas atuam.

A meta alcançada em ativos demonstra os resultados da expansão do Sicoob tanto no interior do país quanto nos grandes centros urbanos aliado à manutenção das concessões de crédito mesmo com cenário adverso, com destaque para os cooperados PJ, principalmente micro, pequenas e médias empresas (MPMe). A difusão do cooperativismo como alternativa ao sistema bancário, a competitividade em relação à taxas e tarifas, bem como o atendimento personalizado, independente do perfil do cooperado, também contribuíram significativamente nos resultados.

Além disso, o Sicoob Consórcios chegou a 100 mil participantes. O crescimento da carteira é resultado de uma estratégia planejada e eficiente. “O número de 100 mil cotas vendidas mostra a força de nosso balcão de vendas e a competência de nossa equipe. Aliado a esse cenário, a taxa de administração cobrada pelo Sicoob Consórcios é menor do que a média do mercado. Além disso, o Sicoob Consórcios possui uma excelente média mensal de contemplados, quando comparado às outras empresas do ramo”, destaca Vilares.

Novidades

Em setembro o Sicoob obteve autorização do Banco Central do Brasil para operar no mercado de câmbio. No momento a estruturação da nova carteira está sendo finalizada e o início das operações está previsto para janeiro de 2019.

O portfólio conterá produtos de financiamento à exportação (ACC e ACE) e importação (Finimp), cartão viagem e transferências de recursos para o exterior. Serão disponibilizados aos cooperados do Sicoob os serviços de carta de crédito, cobrança documentária e a opção de realizar operações por meio do Sistema de Pagamento Local – SML.

Reconhecimento

O Sicoob foi reconhecido pela Revista Época 360º ocupando a 2º posição no ranking de Desempenho Financeiro e o 3º lugar em Visão de Futuro. A instituição se posicionou ainda na 9ª colocação entre os maiores bancos por ativo total, 6º entre os maiores em depósitos e 7º entre os maiores por patrimônio líquido.

O Sicoob também foi destaque na 18ª edição do anuário Valor 1000, do jornal Valor Econômico ocupando o 6º lugar entre os 20 maiores em depósitos totais e em lucro líquido e é o 6º entre os bancos que mais cresceram em operações de crédito.

O Sistema figurou ainda em 7º lugar entre os 20 maiores em operação de crédito, subindo 11 posições em relação ao ano anterior. Também está na 7º posição entre os 20 maiores em patrimônio líquido. Entre os 20 mais rentáveis sobre o patrimônio, subiu quatro posições se comparado com 2017 e, neste ano, está no 7º lugar no ranking

Entre os 20 maiores em receita de intermediação, o Sicoob está em 8º lugar. Já entre os bancos que mais cresceram em depósitos, o Sistema é o 12º. Em relação aos resultados operacionais sem equivalência patrimonial, ocupa o 15º lugar entre os 20 maiores. O anuário mostra, ainda, que a instituição cooperativa ficou no 17º lugar entre os 20 com menor custo operacional.

A revista Isto é Dinheiro também destacou o Sicoob entre as cinco melhores companhias do setor Serviços Financeiro. Em Responsabilidade Social o Sicoob conquistou o 1º lugar. Em Governança Corporativa a instituição ocupou a 3ª posição. Já em Recursos Humanos, Inovação e Qualidade e no indicador As Melhores o Sistema ficou em 4º no ranking.