REPRESENTAÇÃO | Sindnapi Espírito Santo define novos coordenadores

Nos Estados

O Congresso Regional do Sindicato dos Aposentados, Pensionistas e Idosos da Força Sindical no Espirito Santo, realizado em outubro, definiu os novos coordenadores, que irão administrar de forma voluntária o sindicato.

O evento foi bastante prestigiado e contou com a presença de mais de 60 sindicalizados, além de várias autoridades nacionais constituídas, tais como, o presidente do Sindnapi Nacional, João Inocentini, o tesoureiro nacional Marcos Bulgarelli e os diretores nacionais Andreia Gato e Roberto Sargento.

A plenária que aconteceu no dia 5 de outubro, às 10 horas, , no auditório da Secretaria Estadual de Esporte e Lazer, teve ainda a presença de várias lideranças sindicais do Estado do Espirito Santo, dentre elas, o presidente da Força Sindical Estadual, Alexandro Martins, o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo e também vice-presidente da Confederação Brasileira dos Policiais Civis (Cobrapol), Jorge Emilio Leal, o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Vila Velha, Ricardo Aguilar, o diretor Joel Martins, representando a Federação dos Servidores Públicos Estaduais e Municipais do ES, o coordenador de relações institucionais do Conselho Comunitário de Vila Velha, Francisco de Morais e o coordenador da Federação dos Movimentos Populares de Viana-ES (FEMOPOVI), Antônio Raimundo da Silva.

A plenária foi presidida por João Inocentini que afirmou confiar muito no potencial do SINDNAPI-ES, e acrescentou que dará todo o suporte necessário para o crescimento e fortalecimento do sindicato.

No evento foram eleitos 09 (nove) coordenadores para o Sindinapi/ES, sendo eles, Antonio de Castro Reis, Manoel de Moura Soares, Carlos Alberto Gomes Bolini, João Carlos dos Santos, Eloyzio Cuzzuol, Antônio Raimundo da Silva, Ednaldo de Oliveira Silva, Gilda Matos Nascimento e Jânio Jacinto Araujo, que de forma harmônica e consensual, teve o apoio e aprovação de toda a assembleia.

Em seguida, foi apresentado pelo Presidente Nacional do Sindnapi, João Inocentini, o nome do coordenador Jânio Jacinto Araujo para ser o Coordenador Geral do SINDNAPI-ES, que foi de imediato, submetido a votação e aprovação da plenária, tendo sido aprovado por unanimidade pelos presentes.

O Sindicato Nacional dos Aposentados, pensionistas e idosos da Força Sindical Sub Sede do ES, tem aproximadamente 3.500 associados, que esperam desta nova administração, uma atuação mais incisiva em favor das demandas e dos direitos dos sindicalizados.

“O nosso objetivo nesta nova administração, é intensificar os trabalhos, na luta pelos direitos e no combate ao descumprimento do Estatuto do idoso e das demais legislações em vigor. Vamos procurar nos aproximar dos poderes constituídos, dos conselhos federais, estaduais e municipais, da sociedade civil organizada, dos movimentos religiosos e dos movimentos sindicais, para que possamos através desta integração, somar forças e colocar nossos aposentados, pensionista e idosos, no lugar que realmente merecem estar, por ser medida de verdadeira justiça e reconhecimento”, disse Jânio Araujo, o novo Coordenador Geral.

Jânio completou dizendo que toda diretoria espera corresponder a confiança dessa importante missão de defender os interesses dos aposentados, pensionistas e idosos, além de poder proporcionar a todos os sindicalizados opções de lazer e saúde.

“Esperamos corresponder à confiança depositada nesta administração pelo nosso presidente Nacional, e vamos procurar os demais Coordenadores eleitos e reeleitos, para alinhar e trocar experiências de trabalhos, realizados nos mais diversos estados da federação. Nossas demandas judiciais são sempre árduas e longas, e tempo para nós é uma coisa muito valiosa. Nosso jurídico tem travado verdadeira batalha na justiça, na luta em defesa dos nossos direitos e de nossas garantias, mas sabemos da demora nestas demandas. Paralelo a estas questões judiciais, vamos tentar incrementar a parte social, recreativa e de convênios na área da saúde e lazer, para que nosso sindicalizado se orgulhe deste sindicato. Agora é trabalhar, vamos à luta”, finalizou.